Flores e Frutas

Minhas aventuras à máquina de costura

Promoção: palavra mágica janeiro 29, 2010

Filed under: consumo,sapatos — Renata Gama @ 1:26 pm

Fiquei feliz ao receber o e-mail da CAS avisando sobre a promoção que começa na semana que vem. Eu já estava mesmo me programando para dar uma passadinha por lá por esses dias, pq ando carente de sapatos e me veio uma vontade súbita de um sapato de lá ou da Generalli. Agora, me senti obrigada a seguir esse instinto.

Pra quem não sabe, a CAS vende sapatos da marca Selo de Controle desenhados exclusivamente para a loja – todos são lindos, fofos e causam inveja por quarteirões. Tenho um com detalhe de flor que é um arraso.

Endereços:
Rua Fidalga, 317, Vila Madalena – São Paulo
Tb tem lojas no Rio e em Brasília

 

Ops, deu errado janeiro 28, 2010

Filed under: saias,técnicas — Renata Gama @ 1:09 pm

Eu já estava feliz com a nova saia quando, na prova, eis que vejo uma bela barriga na lateral, perto do zíper. 😦

“Costurar é assim”, disse a professora, na tentativa de me conformar por essa e pelas inúmeras vezes que ainda terei de desmanchar uma costura e refazer.

Ok, seria mesmo muita sorte acertar de primeira, já que essa saia mal nasceu e já tem história. Quando comprei o tecido, pensei numa godê. Mas na primeira prova, ainda no alinhavo, achei que o efeito da estampa chamativa numa saia rodada ficou over. Voltei para a mesa, para transformá-la numa evasê. E deu no que deu.

Agora é consertar.

 

Alinhavar é preciso janeiro 26, 2010

Filed under: técnicas — Renata Gama @ 2:42 pm

Se tem algum segredo da costura (dos milhares que existem) que já aprendi, este é alinhavar. Como na vida, para algo ficar bom, antes, é preciso alinhavar. Um bom texto não flui sem antes as ideias serem bem alinhavadas, alinhadas, e vc não se dá bem numa reunião sem antes alinhavar seus argumentos. Alinhavar é saber de antemão como as peças – que você já preparou – vão se encaixar. É também o momento de ensaiar e ver onde moram as armadilhas. E cuidar para que as peças não sejam mal encaixadas – depois de unidas definitivamente, desfazer tudo pode provocar estragos e perda de tempo.

Alinhavar é algo que requer de nós paciência, e por isso às vezes a gente tende a querer deixar para lá, queimar a etapa – principalmente depois que você já é experiente. Mas por mais que a gente pense “eu já sei fazer isso”, alinhavar garante que você faça melhor.

Depois que comecei a costurar, percebi que eu deixava de alinhavar várias coisas na minha vida, por estar segura de que já sei de cor o caminho. Mas noto que as vezes em que não me preparei, as costuras ficavam soltas, frágeis ou tortas.

Alinhavar é uma lição tão simples quanto necessária. É algo cuja a importância eu tinha esquecido, mas que vou procurar resgatar na minha rotina.

 

O grande livro da costura janeiro 23, 2010

Filed under: referências — Renata Gama @ 10:47 pm

Em qualquer busca que faço para encontrar bibliografia sobre costura, a referência unânime é: O Grande Livro da Costura, lançado na década de 70 pela Seleções do Reader’s Digest. Pelas descrições que já li por aí – a primeira foi no blog da Drica -, o livro é considerado um must have para quem é fã das linhas e agulhas. Seus exemplares são raros, porque a editora deixou de publicá-lo por décadas, e por isso edições antigas são vendidas a preço de ouro. Recentemente, ele foi relançado com o nome A Bíblia da Costura. Custa em torno de 100,00, pelo que andei pesquisando.

Resolvi “folhear” o produto primeiro, antes de pôr a mão no bolso. Tem muitos links para download na rede. Mas é raro achar um arquivo único compactado. A maioria é dividida em milhares de partes. O melhor que encontrei foi este em pdf , separado em duas partes. E este aqui, de um único arquivo, só que as imagens são em jpg.

Agora, sobre o livro, estou de boca aberta já nas primeiras páginas que olhei. É de um cuidado e uma riqueza em detalhes sem par. Provavelmente, logo-logo vou me ver obrigada a encomendar um.

 

Começar e terminar janeiro 22, 2010

Filed under: camisas — Renata Gama @ 4:05 pm

Eu tenho uma coleção de começos em minha cabeça. Primeiras linhas de livros, cenas de filmes, batidas de músicas que dentro do mundo ideal que construí na minha fértil imaginação são sucesso na certa. Mas esses começos sequer encontraram um fim. São só promessas que permanecem presas num limbo imaginário. E não deixar que esses começos cruzem a ponte da imaginação para a realidade muitas vezes – constantemente – me frustra.

Mas costurar tem me ajudado nisso. Exige inspiração, criatividade, ao mesmo tempo que precisa de cuidado, paciência, dedicação – coisas que tenho feito com muito prazer. Mas, principalmente, é algo que começo e concluo, que realizo. E com um resultado muito concreto.

Poder pegar nas mãos e vestir o que crio tem ainda mexido com aquelas promessas engavetadas. Tem feito com que eu busque caminhos para cruzar a ponte, porque agora eu sei que ela não é tão perigosa assim.

Abaixo, uma camisa que eu comecei a fazer no curso de férias em novembro e concluí hoje:

Camisa em tricoline, gola anos 70

 

O tecido salva janeiro 19, 2010

Filed under: acessórios,blusas — Renata Gama @ 1:49 pm

Uma das coisas legais que aprendi costurando foi: o tecido salva.

Quando desenhei o meu primeiro molde – uma blusa regata -, pensei: “que roupinha de velha, onde vou usar isso?” Mas ok, o importante era aprender. E eu até já estava resignada quando saí para comprar o tecido.

Chegando na loja, percebi que tudo poderia mudar ali. Fui atrás de uma simples viscose e encontrei a solução. Porque não se trata apenas de escolher algo com um caimento bom. Ali, eu vi que o tecido poderia me ajudar a mudar a cara e o estilo da roupa. (Falando assim parece óbvio, né?)

E assim escolhi a estampa mais psicodélica (e molinha) que pude. Saiu mais caro do que eu previ, mas fui feliz. E para completar, aproveitei o pom-pom roxo que veio num penduricalho e fiz um broche, para dar um charme.

O resultado:

Minha primeira regata: a velhinha moderna

Broche feito com pom-pom que tirei de um penduricalho

* Amanhã, é dia de volta às aulas no corte e costura!

 

Coisa da vovó janeiro 18, 2010

Filed under: máquina de costura,saias — Renata Gama @ 1:52 pm

O cantinho da máquina

Primeira saia, feita ainda com método autodidata (no olho)

Há anos, escuto uma voz interna que começou fraquinha e com o tempo foi aumentando de volume até eu não mais ser capaz de ignorar. E ela diz assim: “Vá costurar!”

Não sei se tenho dom, só sei que tenho uma máquina de costura velha. Era da minha mãe, que comprou para tentar, sem sucesso, seguir os passos de minha avó – uma exímia costureira. Quando me mudei para São Paulo, fiz questão de trazer a máquina comigo, não me pergunte o porquê. Mas mesmo sem ter a menor ideia prévia de como fazer, com ela acabei costurando a cortina, as almofadas de casa, o forro do armário e até uma saia com as sobras do tecido.

Seis anos depois, nas férias que tirei em novembro passado, aproveitei para tirá-la de vez do armário e achar um cantinho só dela. E me matriculei num curso de corte e costura, para pelo menos saber o que estou fazendo. Amei.

Agora, costurar promete ser um dos meus hobbies preferidos.

E a ideia de criar um blog para registrar o passo a passo dessa minha descoberta e compilar essas pequenas criações surge também na tentativa de que esse hobby, paixão, ou legado de família persista.

Por favor, comentem, critiquem, deem sugestões. E, quem sabe, um dia, façam até encomendas. 😉