Flores e Frutas

Minhas aventuras à máquina de costura

Uni, duni, tê fevereiro 8, 2010

Filed under: tecidos — Renata Gama @ 12:12 pm

Estes são os novos brinquedos que vou usar nos próximos projetos. São todos tricoline da Niazi Chohfi, na Rua 25 de Março.

Já tenho algumas ideias em mente, mas ainda não tenho destino para todos. Sugestões?

Anúncios
 

Selinhos personalizados fevereiro 7, 2010

Filed under: miscelaneous — Renata Gama @ 5:08 pm

O blog agora tem selinhos personalizados:

Fiz tudo neste gerador de selos gratuito . É super fácil e divertido de usar. Tem muitas opções de logos, fontes, cores e formatos para ficar brincando.

Achei legal não só para enfeitar o blog, mas também pode ser uma boa marca d’água para fotos. 😉

Ahhhh! Também tem como criar o próprio refrigerante. 😀

 

Old new shoes fevereiro 6, 2010

Filed under: consumo,sapatos — Renata Gama @ 3:19 pm

Sabe aquela promoção da CAS? Pois, então. Passei lá e arrematei umas cositas muito necessárias. 😀

Fui determinada a trazer uma sandália da Selo de Controle (a marca da marrom). Mas a rasteirinha – de marca própria da CAS – acabou vindo junto no embalo. 😛

Gosto da Selo porque ousa nos desenhos ao mesmo tempo que preserva um ar retrô – um estilo com o qual me identifico bastante.

Ei-las (as duas primeiras são novas aquisições, o sapato já é velhinho, mas é da mesma loja):

 

Enfim, pronta fevereiro 5, 2010

Filed under: saias — Renata Gama @ 12:52 pm

A saia que deu trabalho

Enfim, está pronta a saia de frutinhas, que nasceu como godê, virou evasê, e na transição ganhou uma barriga na costura lateral. Eu nunca tinha passado pela experiência de consertar uma roupa. E apesar do trabalho todo de faz-desfaz, entre ajustes e provas (eita paciência!), achei ótimo. Aprendi bastante coisa nessa, parece que a gente ganha uma visão bem mais clara da forma, do molde. E, no fim, fiquei bastante satisfeita com o resultado. Caiu superbem no corpo. Até já estreei no trabalho. 🙂

Agora, é partir para a próxima. Au revoir!

 

Coco avant Chanel fevereiro 4, 2010

Filed under: referências — Renata Gama @ 2:43 am

Cena do filme estrelado por Audrey Tatou

Só agora vi o filme “Coco antes de Chanel”. É uma biografia especialmente inspiradora para quem sonha brilhar um dia mesmo saindo do nada, apenas com raça e talento na bagagem, e para espíritos rebeldes que creem ainda ser possível mudar o mundo. Acho que me encaixo nos dois casos.

É impressionante ver como a simplicidade da pequena órfã que iniciou a vida como cantora de cabaré ajudou a revolucionar a moda rococó da nobreza francesa da época, e fez história ao libertar as mulheres dos repressores espartilhos e das pesadas armações de vestidos. Emociona também saber como sua tristeza fez do preto uma das cores mais sofisticadas da moda até hoje. Ninguém mais vive sem um “pretinho básico” no armário. A modernidade não existiria sem Chanel.

 

Promoção: palavra mágica janeiro 29, 2010

Filed under: consumo,sapatos — Renata Gama @ 1:26 pm

Fiquei feliz ao receber o e-mail da CAS avisando sobre a promoção que começa na semana que vem. Eu já estava mesmo me programando para dar uma passadinha por lá por esses dias, pq ando carente de sapatos e me veio uma vontade súbita de um sapato de lá ou da Generalli. Agora, me senti obrigada a seguir esse instinto.

Pra quem não sabe, a CAS vende sapatos da marca Selo de Controle desenhados exclusivamente para a loja – todos são lindos, fofos e causam inveja por quarteirões. Tenho um com detalhe de flor que é um arraso.

Endereços:
Rua Fidalga, 317, Vila Madalena – São Paulo
Tb tem lojas no Rio e em Brasília

 

Ops, deu errado janeiro 28, 2010

Filed under: saias,técnicas — Renata Gama @ 1:09 pm

Eu já estava feliz com a nova saia quando, na prova, eis que vejo uma bela barriga na lateral, perto do zíper. 😦

“Costurar é assim”, disse a professora, na tentativa de me conformar por essa e pelas inúmeras vezes que ainda terei de desmanchar uma costura e refazer.

Ok, seria mesmo muita sorte acertar de primeira, já que essa saia mal nasceu e já tem história. Quando comprei o tecido, pensei numa godê. Mas na primeira prova, ainda no alinhavo, achei que o efeito da estampa chamativa numa saia rodada ficou over. Voltei para a mesa, para transformá-la numa evasê. E deu no que deu.

Agora é consertar.